9 de abril de 2009

Segundo Papel

Exposta sem casca, segue a aversão
A insegurança se mostra
O distoar soa como fobia
Desmoronando as chances de conexão pessoal.

Terá de abrir os olhos
Entreabertos estão a novos horizontes
Estranhamente enrolado nos panos da excclusão
O inalcansável alcansável não está longe.

Infiltrado na mente insensata
Vive a possível displicência
Mistura perigosa:
Um conceito espesso e sufocante.

Octavio Peral, Carlos Augusto e Anderson Ferreira

2 comentários:

Lara disse...

amém.

thay_heureux disse...

vocês são MEUS PRINCIPES!
ameeeeei!
claro que entre vcs tem o meu rei.. mas nao tenham ciume meninos.. amo vcs!
uiahuiahiuahuiah
isso aew..estimulem o lado poetico do carlos pq EU TO PRECISANDOOO! iuahiuahiuah
Beijoks